QUE DAREI AO SENHOR (?Salmo 116.12)

Sermão pregado em 22.10.1972


Deus é o maior de todos os doadores. Ele dá dons e dádivas aos homens. Ele dá chuva e calor, inverno e verão; primavera e outono.

Ele preparou e outorga o dom da salvação por meio de Jesus Cristo seu Filho. “Toda boa dádiva, todo dom perfeito é do alto e desce do Pai das luzes” (Tiago 1.17). Entretanto o homem pergunta o que pode dar. Não é dádiva de Deus ao homem, mas do homem a Deus.


I – QUE DAREI? UMA SANTA DISPOSIÇÃO

Três sentidos básicos na implicação.


1. Que darei? Sentido de dar em pagamento, retribuição. Com quer pagarei ao Senhor por todos os benefícios? Que homem poderia pagar os benefícios do Senhor, em termos materiais?

2. Que darei? Sentido de consagração, entrega; deixar de resistir. Talvez a mais difícil de todas as implicações.

3. Que darei? Sentido de oferta. Vemos claramente que a implicação vai muito além. Pensamos em termos de oferta material, mas o sentido que inclui a oferta material vai muito além.


II – QUE TE PEDE O SENHOR?

Que possibilidade a fala de alguns que pedem mal (Tiago 4.3) para gastardes em vossos deleites. Caráter é a pessoa, reputação a aparência. (“Dei o maior dízimo, mas o pastor não fez menção sequer ao meu nome”).

1. Possibilidade de dar o que Deus pede. O dízimo todos podem dar.

2. Possibilidade de dar habilidade. No mundo cultural, disputa por pontas, porque nem todos podem aparecer, ciúme imenso no meio artístico, rivalidade.

3. Dar à igreja de Deus. Maldito o que faz negligentemente. Nenhuma igreja precisa tolerar a negligência.


III – QUE DAREI? UM SISTEMA DE VIDA? UMA NORMA?


Lídia deu a casa, mas deu a vida também. Os Macedônios se deram primeiramente ao Senhor.

Uma atitude nobre e certa. Soube de alguns da nossa fraternidade que foram ao Maracanã domingo passado. Isto não agrada a Deus. Davi dava sua fé, seu temor, seu testemunho, suas oferendas.

“Eu amo o Senhor”. A base do que vamos fazer por Deus é o amor. Deus tem outros planos.

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: