PREPARO DO SERVO PARA O ENCONTRO COM O REI (Lucas 12.40-48)

É plano de Deus coroar de modo pleno a Jesus como Rei. Já no Salmo 2, foi-lhe proposto o reinado e a concessão plena de todos os seus desejos, quando homem.

Ao falar o Sermão do Monte, ele ensinou a seus alunos uma oração sublime, que diz assim: "Venha o teu Reino, seja feita a tua vontade assim na terra como no céu (Mateus 6.10).

Estamos, portanto, durante ,o ano de 1986 a festejar o maravilhoso reinado de Jesus. E damos início neste momento àquilo que chamaremos "preparação da igreja para o encontro com o Rei". Ponto fundamental... A preparação do servo como pessoa, como indivíduo.


I - TEMPO DE CRISTO NO PREPARO DE SEUS DISCÍPULOS

A princípio os discípulos ,o acompanhavam, assistindo o seu trabalho de modo regular. Mais tarde, lemos em Marcos 3.13-14: "Nomeou 12 para que estivessem com ele".

Começou a trabalhar em pessoas diferentes, construindo-os por dentro. O publicano Mateus ouvia a respeito da riqueza verdadeira. Era a modificação do conceito comum dos publicanos no hábito da corrupção.

Os pescadores Pedro, Tiago e João, ouviam-no falar dos “pescadores de homens" - curso de psicologia prática.

Ele lhes ensinava em particular sobre a verdadeira postura cristã, a oração, o jejum, o sábado e sua observância.

Eles aprendiam enquanto o viam enfrentar seus opositores com energia, determinação, mas sem perder a autoridade e a força.


II - PREPARO DA IGREJA NOS DIAS QUE CORREM

Se a igreja é cada um de nós, o seu preparo se liga ao preparo de cada um de nós. Esta é hora quando se torna necessária a mobilização de cada um, tendo em vista o preparo.

Rollo May (1909-1994), conhecido mestre em Psicologia, declara que nosso tempo é caracterizado por um ansiedade intensa e crescente. Esta ansiedade causa medo, desânimo no homem.

1. Preparo do homem que experimenta a regeneração.

2. Preparo pelo domínio total do Espírito Santo.

3. Preparo pela descoberta da verdadeira finalidade da vida e do propósito de sua própria salvação.

4. Preparo pelo cumprimento dos deveres do crente:

1) Salvo para multiplicar.

2) Salvo para adorar.

3) Salvo para contribuir financeiramente no avanço do Reino.


III - A PRÁTICA DO PREPARO PARA RECEBERMOS O REI

O pastor apresentou na Reunião de Obreiros uma série de pedidos, que, uma vez atendidos, ajudarão na marcha da Igreja Batista da Esperança.

1) Gratidão pelo que o Senhor nos tem dado.

2) Seguir a doutrina em amor. Alguns estão saindo para outras práticas e teremos de atualizar o rol de membros.

3) Conseguirmos a presença dos que residem longe, pelo menos em um domingo por mês.

4) Nossa mente ligada ao calendário as atividades e ao testemunho.

5) Fraternidade que una cada membro de cada organização, o amor fraternal

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: