PERDIDO DENTRO DO LAR (Lucas 15)

Sermão pregado em 06.02.1955


O capítulo 15 de Lucas talvez seja o capítulo de onde se tem pregado mais. Todavia, podemos ainda uma vez aprender algumas lições preciosas. Temos aqui três parábolas. A primeira focaliza a ovelha perdida. O lugar de sua perdição foi fora do aprisco, distante. Ela estava perdida, mas não sabia que era esta a sua condição, Estava perdida, mas não sabia que o pastor a buscava aflito. Estava perdida e não sabia que o propósito do pastor era achá-la.

A segunda parábola focaliza os dois filhos. Um que deixara o lar e fora à procura de prazer maior na terra distante. O outro permanece no lar, mas sentindo cansaço em seu trabalho, algo pesado. Jesus conta esta parábola para mostrar o lugar do arrependimento, bem como o pai que corre para encontrar o pecador arrependido.

Terceira, a história é simples: Uma mulher deu falta de uma moeda das que possuía. Alguns acham que era a única moeda. Outros acham que a moeda fosse parte do colar da mulher que significasse sua honra, simbolicamente. O importante é que a moeda se perdeu e ela tudo fez para encontrá-la. E depois de encontrá-la avisou suas amigas a respeito da grande bênção que alcançara. Desejo examinar principalmente o fato de que a moeda estava perdida dentro de casa, junto da sua proprietária, dentro de quatro paredes, mas perdida.


I – A MOEDA PERDIDA, UM VALOR

1. Há muitos tesouros perdidos neste mundo. Tivemos a pouco a inauguração da Usina Hidroelétrica de Paulo Afonso. Foi este um acontecimento de enorme repercussão. Até á pouco a energia de Paulo Afonso estava perdida. Ainda há muitas regiões do Brasil inteiramente perdidas.

2. Iríamos longe na enumeração de valores perdidos fora de nossa influência, Mas pensemos perto de nós. Dentro das quatro paredes de um lar. Há irmãos nossos que estão perdidos para as coisas de Deus. Há filhos que estão perdidos para Jesus. São criados ao nosso lado mais inteiramente perdidos.

3. Alguns de vossos filhos que poderiam ser bênçãos nas esferas do Reino de Deus, estão perdidos por falta de preparo ou por falta de poder espiritual.

4. Quantos que poderiam dar a Deus uma grande contribuição estão perdidos em si mesmos...

5. De todos os valores, entretanto, nada se compara ao valor da alma. A alma que vitaliza o homem. A alma que nos põe em comunhão com Deus. A alma que vitaliza o homem. A alma que foi comprada no Calvário ainda, mas ainda perdida. O homem em seu pecado está sob a ira de Deus. Para ele o Calvário nada vale. Será este homem o teu filho?


II – NOTEMOS EM SEGUNDO LUGAR QUE A MOEDA NÃO SE PERDEU, FOI PERDIDA

Talvez a moeda tivesse caído de um bolso mal costurado; de uma mão descuidada.

O ambiente de Jesus era formado por publicanos e pecadores. Talvez alguns daqueles publicanos e pecadores fossem induzidos ao crime por falta de seus próprios pais. Há pais perdendo os filhos nos dias de hoje. Pensemos francamente. Teu filho tem tua imagem. Tem teu nome. Teu irmão tem teu sangue. De igual maneira temos nós a imagem de Deus, e é triste pensarmos que haja ainda assim a separação causada pelo pecado.

O Escorpião é tão pequeno, mas pode matar com uma ferroada o mais forte leão. Assim, um pequeno mau exemplo pode levar nosso filho, nosso irmão, nosso amigo ao inferno sem Cristo.


III – BUSCA INTENSA APÓS O VALOR PERDIDO

Jesus diz que a mulher não se contentou numa busca. Antes modificou o arranjo da sala e da casa. Fez tudo ao seu alcance para achar a moeda. Pode ser que ao procurar teu filho, teu irmão, teu amigo; tenhas de modificar alguns dos teus hábitos. Talvez um pai tenha de pesar melhor algumas de suas atitudes para trazer seu filho de volta. É a mudança.

Onde está o filho do teu lar neste momento? Ou você que vem de um lar crente, por que estás perdido?

Grande pintor desejava pintar a vida de Cristo. Custou mais achou um menino de 12 anos que serviu de modelo de Jesus no templo. Mas, muitos anos foram precisos para encontrar o modelo de Judas. Finalmente encontrou um pobre bêbado com todas as marcas de pecado... Este serve... Veio a descobrir mais tarde que era o mesmo que servira de modelo como Jesus criança... A mesma imagem, mas todo arruinado pelo pecado. Onde está teu filho perdido? Já estás revirando a casa para encontrá-lo?


IV – A ALEGRIA DO FILHO ACHADO

Céu cheio de música e de alegrias das mais intensas. É o retrato do filho que se arrepende. Do filho pródigo arrependido que volta para casa e o pai o recebe de braços abertos...


Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: