O CANDIDATO QUE NÃO DESAPONTA O ELEITOR

Pregado na Igreja Batista da Tijuca (hoje Primeira Igreja Batista no Andaraí em03.10.1954)

Hoje é dia de eleições gerais no Brasil. A esta hora os eleitos já estarãoeleitos. Nós os elegemos. Nossa eleição representa nossa escolha. Portanto, eleger é sempre escolher. Quando se é uma coisa diante de muitas, escolhe-se. Vale a pena pensarmos na variedade de escolhas, de eleições que a Bíblia registra em diferentes fases da revelação.


I - ELEIÇÕES QUE A BÍBLIA REGISTRA ATRAVÉS DE ESCOLHAS

1. Em Lucas 10 temos a história de duas mulheres que fizeram escolha. Ambas escolheram bem, mas uma escolheu melhor. Maria escolheu a boa parte, disse Jesus.

2. Em Lucas 23 temos a história da escolha louca do povo ao dizer: Solta-nosBarrabás, mas este seja crucificado. João acrescenta que Barrabás era um salteador.

3. Também foi louca a escolha de Ló. Gênesis capítulo 13, quando Ló se colocou diante das campinas do Jordão não hesitou . Ele escolheu o melhor, que foi sua ruína.

4. Há ocasiões quando a escolha é difícil como a que fizera David após ter numerado o povo. Ele tinha de optar por cair nas mãos dos inimigos ou nas mãos de Deus, mas em ambos os casos para sofrer. No primeiro casosofreria as guerras; no segundo caso as pestes - 2Samuel 24.

5. Temos escolhas loucas como a do povo que preferiu as cisternas rotas em vez de aceitar a água pura de mim, como dada por Deus - Jeremias capitulo 2.

6. Em Números 21, temos a história das serpentes ardentes e a consequente escolha do povopela vida ou pela morte.

7. Em Hebreus 11 temos a história da escolha da fé, a escolha de Moisés ao se recusar ser chamado filho da filha de Faraó.

Quase todas estas são escolhas individuais. Diante de Deus nossa eleição é também individual. A escolha é individual.

II - QUE DESEJAMOS AO FAZER UMA ELEIÇÃO - o candidato.

1. Comecemos pelo ambiente político. Que determina o voto do eleitor? Alguns votam por simples interesse mercenário. Um emprego, um favor. Outros votam por simples simpatia pessoal. Nada mais consideram além do simples elemento sentimental. Outros votam com a consciência de escolha. Estes pensam, raciocinam e depois votam.

2. Ao fazer este voto, entretanto, existe um interesse. O no bem da família, no bem da Pátria e no bem das instituições. Quantos candidatos dos que votamos cumprem aquilo que prometeram em suas plataformas? Será fácil compreender que, se a propaganda de um candidato custa 2 milhões, onde irá ele buscar o dinheiro para estabelecer o balanço de preço, uma vez terá de pagar suas contas?


III - NOTEMOS AGORA OS VOTANTES

1. Em primeiro lugar os votantes pertencem a um país, o país da eleição.

2. Os votantes precisam ser cidadãos qualificados. Numa democracia modelos, os eleitores podem escrever aos seus candidatos e fazer-lhes observações.

3. O voto só é válido segundo o modelo.


III - JESUS O CANDIDATO QUE NÃO DESAPONTARÁ JAMAIS

1. Porque suas promessas são imutáveis. "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente" - Hebreus 13.8.

2. Porque ele tem poder absoluto para garantir tudo quanto promete. Porque ele comprou, adquiriu esse poder a custa de um grande sacrifício.

3. Porque ele tem verdadeiro amor aos que o elegem.

4. Porque sua obra é mencionada por Deus e tem seu apoio e garantia. Quando um dos candidatos vitoriosos numa eleição tem a maioria de votos, assim sua vitória depende da proclamação do competente Tribunal Eleitoral.

Assim, diante do Tribunal Divino necessária se faz a proclamação do Pai a respeito daquele que crê no Senhor Jesus. Ele é proclamado Filho de Deus mediante a obra de Cristo.

Meu amigo, já és um filho de Deus? Já provaste a salvação oferecida por Cristo? Billy Sunday - 1862-1935 - costumava dizer que na questão da salvação da alma, há sempre três votos: Deus vota a favor; o diabo contra e o pecador dá por vontade própria o votodecisivo.

Li a respeito de uma guarnição que recebera a seguinte consulta: "Se me apresentar diante de vós, como me recebereis? Como amigoou como inimigo? Vamos pensar qual foi a resposta. Enquanto pensais entramos como inimigos...


1. Por causa do que ele é.

2. Por causa do que ele promete.

3. Por causa do que ele faz.

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: