top of page

MORDOMIA DO FUTURO (Filipenses 3.13-14)

Sermão pregado originalmente na Igreja Batista da Tijuca, Rio de Janeiro, hoje Primeira Igreja Batista no Andaraí – Rio de Janeiro (RJ) em 18.01.1953

 

Passado, presente e futuro, todos temos. As ciganas vivem da curiosidade de muitos que não se preocupam em viver bem o passado e que estão desperdiçando o presente, mas que estão ansiosos pelo futuro. No verso que tomamos por texto encontramos três elementos essenciais à mordomia do nosso futuro. Sim, usamos a expressão "Mordomia do Futuro" porque nos será possível arruinar esse futuro. Mordomia é cuidado, responsabilidade, avaliação do futuro.


I - A MORDOMIA DO FUTURO SE PRENDE ENTRANHAVELMENTE A UMA ATITUDE  PARA COM O PASSADO

1.    Paulo tomara esta atitude de forma negativa. "Esquecendo-me das coisas que para trás ficam". Para Paulo, o passado lhe era qual esterco, uma vez que não o fizera feliz.

Os ouvintes da Escola Bíblica do Ar se impressionaram com a carta lida ontem. É uma família que seguiu no passado, mas o desprezou. E agora, horrorizados, enviam perguntas: "Poderemos nós voltar"?

Na maioria dos casos o melhor é esquecer . Paulo tivera os maiores títulos na carreira primitiva, mas, uma vez chamado, esqueceu. Foi uma virtude que os apóstolos custaram a adquirir. Ainda na cena a ser estudada no próximo domingo: "Eis que nós tudo deixamos... que receberemos"? É a pergunta que fazem alguns professores e professoras quando chamados para o ministério. Estou bem empregado. Que receberei?

2. Outros teImam em olhar para trás quando o arado lhe está nas mãos. O caso de Pedro ao andar sobre as águas. O mesmo Pedro após a ressurreição: "E deste o que será"?

3. A outra atitude para com o passado é de olhar para progredir. Em 2Timóteo 1.5, Paulo exorta a Timóteo a manter diante dele o exemplo de sua avó  Lóide e de sua mãe Eunice o qualhabitava também no jovem pregador.

Temos relações com aqueles que foram nossos mentores espirituais. Temos obrigações sagradas com sua memória e disto nos precisamos lembrar. O que fui, o que sou, o que serei.


II - A MORDOMIA DO FUTURO DEPENDE DE UMA AÇÃO EFICAZ NO PRESENTE

"Prossigo para alcançar... avançando para as que estão diante de mim".

1. O grande perigo de muitos e principalmente da mocidade é julgar ter atingido antes de começar a atingir. Já sei tudo, já vi tudo... A História é boa mestra. Lembremos então o exemplo de César em Cápua. Ele tivera vitória tão estrondosa e já via a meta, razão porque deu férias a seus soldados. E perdeu a batalha e a vida.

2. Podemos mover sem produzir. A vida moderna está cheia de parasitas. O Conde Francisco Matarazzo possui milhões ganhos através do trabalho. Um político ganhou mais, em seis anos de governo. Houve vantagem?

3. Ninguém chegará a ser coisa alguma no ministério, no serviço ativo das igrejas senão começar hoje. Meus jovens,  se notais em vossas noivas descuido, preguiça ou outro defeito, não penseis em desposá-las. Elas serão amanhã piores do que hoje e então não mais poderão disfarçar.

4. O homem que tem um  futuro. Que pensa no futuro. Que vive o futuro é aquele que trabalha hoje. Que age hoje, que conquista hoje, que avança hoje. Muitos pensam que algumas vitórias de ontem e, como disse alguém, fazem ali a sua fama. Não é este o espírito cristão. Cria fama e pronto, diz e mundo. Prossigo, diz o cristão.

 

III - O ALVO DA MORDOMIA DO FUTURO

1. O alvo deve ser algo elevado, mais do que simples conquistas de aplausos no mundo de hoje. O povo aplaude mais a um cantor  Francisco Alves  ( 1898-1952),  que o grande  Educador Gustavo Ambrust  - (1880-1953) que teve 100 pessoas no seu enterro. Mas há um futuro e aquele que sonhou com a educação da juventude se levantará. 

2. O alvo deve ser individual. Nossa escolha na vida deve ser como um cubo =  três dimensões. O mais alto que  puder atingir na vida O mais largo, incluindo todos os poderes da vida levantai-vos, mãos e pés. O mais lógico. Desejar viver muito e viver cada dia.

3. Alvo da mordomia do futuro = Preservado. Sombras do caráter com grandes coisas = viva-as hoje.

4. Colunas do caráter. Maço de cigarro: um queimado, tudo perdido.

コメント


Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:
bottom of page