top of page

DEUS É ESPÍRITO (João 4.24)

Sermão pregado na Igreja Batista Itacuruçá – Tijuca (RJ) em 15.04.1957

Vimos em duas outras ocasiões algumas das mais profundas declarações jamais proferidas a respeito do coração de Deus. "Deus é luz... Deus é amor e hoje Deus é Espírito... Espírito e verdade".

Curioso de se notar a circunstância em que a expressão teve lugar. Jesus teve algumas de suas mais gloriosas revelações quando falava a pobres e pecadores. E aqui, diante de uma mulher infeliz, ele apresenta alguns dos mais gloriosos conceitos da Igreja Cristã, quais sejam, o da espiritualidade de Deus e do seu culto.

Notaremos três pensamentos principais em relação a grande declaração: "Deus é Espírito...".


I - DEUS É ESPÍRITO E COMO TAL NÃO ESTÁ LIMITADO A COISAS MATERIAIS

Há uma diferença fabulosa entre aquele que escolhe para seu Deus um objeto material, palpável e acessível e aquele que escolhe para si um Deus espiritual.

1. Um Deus materializado é um Deus forçosamente limitado.

2. Um Deus materializado estaria limitado a raças, climas, templos, rituais, e outras coisas semelhantes e perecíveis.

3. Um Deus que não fosse Espírito não poderia ser universal. Daí a concepção henoteísta (N.R.: henoteísmo é o culto de um único Deus sem se regar a existência de outras divindades, diz a Wikipedia) comum a tantas religiões antigas e modernas.

4. Um Deus que fosse materializado, mesmo que apenas na mente do adorador, tornaria o orador mais materializado. Vemos isto ilustrado na própria experiência com esta mulher. E possuía uma concepção errada de Deus e por isto só vivia uma vida errada: tinha desejos errados e só se preocupava com a água e coisas materiais – (Jo 4-18). Ver Salmo 115.


II - DEUS COMO ESPÍRITO CONDENA TODO AQUELE QUE FAZ DE SEU CULTO UM CULTO LIMITADO E CIRCUNSCRITO A OBJETOS OU LUGARES

"Nem neste monte, nem em Jerusalém adorareis o Pai com exclusividade" – (4.21-23). Na religião de Jesus não há clima nem lugar para os chamados "lugares santos". Estes lugares santos são em geral pontos estratégicos para se conseguir dinheiro para todos os fins.

O Deus espiritual não ensina culto ligado a medalhas, a ídolos, a colares e objetos semelhantes. O Deus Espírito não é espiritualista, porque não ensina salvação por reencarnação ou evolução dependente do esforço humano e sim da graça divina.


III - ADORADORES QUE O DEUS ESPÍRITO PROCURA

Vale a pena meditarmos um pouco nesta procura que Deus faz de adoradores. Por que os procurara Deus? Ele os procura para o bem estar deles e para alegria do seu culto.

Há tempos meditamos aqui naquele grande verso do profeta ao declarar que Deus estava procurando um homem que pudesse se colocar na brecha, sem que o encontrasse - Ezequiel 22.30. "O Pai procura aqueles que assim o adorem".

1. Que o adorem em Espírito, no coração, no íntimo. além de toda e qualquer forma material.

2. Em verdade. Numa manifestação exterior que seja condizente com a forma interior no coração, em relação ao grande Universo e à revelação que Deus dá de si mesmo. Qualquer culto que não tenha base na Revelação de Deus na Sua Palavra pode até ser sincero, mas é falso, porque está em desacordo com as mais elevadas leis do Universo e da revelação de Deus.

Hino 137 do Cantor Cristão:

"Enquanto, ó Salvador, teu livro eu ler,

Meus olhos vem abrir, pois quero ver..."

Desejas tu orar no templo? Antes de tudo torna-te um templo de Deus. Não era a adoração segundo os preceitos dos homens que Deus buscava; não era a adoração dos que "honram-me com os lábios, mas, os seus corações estão longe de mim" – (Mateus 15.8-9).

Um viajante faminto conta a experiência que tivera com uma amoreira carregada de deliciosos frutos maduros. Era tarde e o sol a pino. O viajante faminto encontra a árvore. Depois de comer metade dos frutos, pensou: Maltratei-te roubando tanto...". "Não peças desculpas. Fui criada para isto mesmo... criada para dar frutos bons...".

Nós fomos criados para este culto espiritual.

Comments


Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:
bottom of page