AINDA HÁ MUITÍSSIMA TERRA PARA CONQUISTAR (Josué 13.1-7)

Sermão pregado na Igreja Batista do Andaraí (então Igreja Batista da Tijuca) (31.12.1951)

Estamos ao fim de mais um ano em nossa existência, mais um ano de vida de nossa amada igreja. Graças pelos anos e anos que vêm quebrar a caminhada e convidar-nos a um momento de reflexão. Há um refrigerante conhecido como "a pausa que refresca". Oxalá o momento de pausa que Deus nos oferece ao ensejo do novo ano possa nos ajudar a fazer melhor a caminhada daqui por diante. Dentro de poucos minutos receberemos de Deus um novo ano, uma página completamente em branco. Que iremos escrever nela? Nossas boas intenções, por certo. Que sejam elas guiadas pelo Espírito de Deus.

Quero meditar no assunto sugerido pelo texto que lemos: "Ainda há muitíssima terra para conquistar".


I- DEUS APRESENTOU A VISÃO DA TERRA QUE PRECISAVA SER CONQUISTADA

1. Maravilhosos o amor e a graça excelsa de Deus. Depois de prometer a Abraão a terra e de conduzir o povo através de lutas e provações, chegou a hora da entrada na terra prometida. Mas, depois de colocar o povo na terra, Deus não o abandonou à sua própria sorte, mas continuou lutando as suas batalhas e inspirando as suas conquistas.


2. Se queremos ter uma compreensão da terra ainda a ser conquistada, devemos pensar da maneira como Deus pensa. Notemos que ele chamou a atenção de Josué ao fato de que faltava muito para ser conquistado. O grande guerreiro estava contente com seus êxitos, mas Deus lhe mostrava que muito faltava ainda. Se queremos ter uma visão das necessidades do Brasil, devemos pedi-la a Deus. Aí estão os números oficiais para revelar que ainda há um batista para cada 520 brasileiros, e um pastor para cada 1.000 batistas. Ai estão as oportunidades mais gloriosas da terra à espera do nosso esforço, da nossa consagração.

II - DEUS APRESENTOU UM PLANO PARA A CONQUISTA DA TERRA

O plano de Deus consistia em duas coisas: Primeiro, a divisão das responsabilidades. Segundo, a luta pela conquista, cada um de sua parte. Podemos simplificar isto usando a expressão "consagração e trabalho". Como aplicar isto à nossa amada igreja? Infelizmente o bairro do Andaraí, onde está localizada nossa igreja, não sentiu ainda o impacto da nossa presença; A maioria dos membros da igreja vive em outros bairros e os morros. A terra é muitíssima para ser conquistada.


1. Há anos que sou pastor desta igreja ou ao menos quase isto e sinto que preciso da cooperação de muitos irmãos queridos que ainda não me deram a destra de sua cooperação. Muitos de vós não me têm dado o conforto da presença nos cultos, o conforto de sua dedicação nos planos da igreja. Há terra para ser conquistada neste sentido.


2. Há muita terra para ser conquistada no verdadeiro sentido do culto que prestamos a Deus. Que é um culto a Deus?


3. Há muita terra a ser conquistada no terreno de nossa fraternidade de irmãos e irmãs unidos pelo mesmo pacto, participantes da mesma igreja e salvos pelo mesmo sangue.


4. Há muita terra para ser conquistada no coração daqueles que continuam assistindo conosco, mas que nunca tomaram uma decisão clara do seu propósito de seguir a Jesus. Deus sabe de tudo isto. Ele vê essa terra que precisa ser conquistada e Deus fala dela ao pastor da igreja, aos seus pastores auxiliares, aos seus diáconos, aos seus seminaristas.


III - COMO CONQUISTAR TODA ESSA TERRA

1. O plano de Deus consistia em consagração e trabalho. Consagração é o primeiro requisito. Jesus disse certa vez: "Não podereis servir a Deus e as riquezas" (Mateus 6.24). Outra vez ele repetiu: "Qualquer que lança mão do arado e olha para trás não é apto para o reino de Deus" (Lucas 9.62). O apóstolo João disse: Não ameis o mundo, nem o que há no mundo" (1João 2.15-17). Não há outra maneira de se entender as Escrituras senão observando o que elas nos ensinam. Se vamos conquistar toda a terra que precisa ser conquistada e que Deus sabe que precisa, temos de estreitar os laços dentro da igreja para proteger a obra lá fora:


1) Laços fraternais entre nós. "Sede uns para com os outros benignos" (Efésios 4.32).


2) Laços de amor para com a igreja em completa separação do mundo: isto será o segredo de nossa maior conquista.


3) Trabalho determinado. Deus disse àquele povo: Se sairdes para conquistar a terra, EU destruirei os inimigos diante de vós"... (Miquéias 5.2-15 - NTLH).

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: