top of page

A MORDOMIA DE QUEM SABE (Tiago 4.10-17)

Iniciaremos hoje as considerações relacionadas à doutrina da Mordomia, dentro do Calendário da igreja. Iniciaremos pela cabeça para chegar ao coração. Consideraremos primeiro As Bases da Verdadeira Sabedoria, em seguida a humildade de quem sabe e, finalmente, o serviço de quem sabe.

 

I - AS BASES DA VERDADEIRA SABEDORIA

1. O Temor do Senhor... Provérbios 9.9-10

2. Criada pelo próprio Deus - Provérbios 8.27-29

Conhecer deve ter um sentido de ver; conhecer deve ter uma responsabilidade de conhecer. A verdadeira sabedoria começa pela visão de Deus. O agnóstico não vê coisa alguma em Deus, porque não tem visão da sua grandeza e poder.

3. Conhecer a Deus é a maior força da verdadeira sabedoria. Alguém diz-nos, com sabedoria que há dois olhos para vermos os homens e três para vermos a Deus: Intelectual, pensamento ou razão. Vemos a Deus pela emoção que a comunhão traz ao coração do homem e vemos a Deus pelo sentido mortal de nossa consciência.

 

II - A HUMILDADE DE QUEM SABE

1. Lembrar que não sabe tudo, nem mesmo no campo da sua especialização. Humildade, compromisso e honra.

2. Saber que pode aprender mais e melhor.

3. Saber que precisa continuar a aprender estudando sempre.

Em 2Samuel 15 lemos de Davi o grande rei que chorava e que pedia ao povo que chorasse. Por que chorava Davi? Porque seu filho Absalão se julgava mais sábio do que o pai. Chorava porque o povo aceitava a liderança de um jovem inexperiente e vaidoso. Onde estarão os dois hoje? Absalão ficou apenas na lembrança de sua própria vaidade. Davi vive pela sua grande humildade.

 

III - O SERVIÇO DE QUEM SABE

Tiago nos diz que aquele sabe fazer o bem e não faz comete pecado – (4.17). Qual o bem que podemos fazer no Reino de Deus?

1. Podemos orar pelos interesses do Reino de Deus - menina que salvou pela oração um missionário distante.

2. Podemos servir falando do amor de Deus e do que sabemos dele. Outra vez uma menina ilustre quando falou a seu senhor do poder de Deus.

3. Podemos servir dando do nosso dinheiro.

Certo homem de Deus havia proposto oferecer à sua igreja uma elevada quantia em dinheiro. Mas perdeu o emprego no final do ano, quando se preparava o orçamento para o ano seguinte. Alguém duvidou que ele pudesse continuar dando o que prometera. Uma comissão foi falar-lhe e ouviu dele o seguinte: Deixarei de gastar em outras coisas, mas continuarei dando o que prometi à minha igreja. Todos se maravilharam.

Duas semanas mais tarde o chefe de uma grande empresa chamou-o para dizer que estava enfermo e colocava o cargo em suas mãos, pois que o considerava sábio.

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:
bottom of page