OS TRÊS TEMPOS DA SALVAÇÃO DE DEUS (2Coríntios 1.1-11)

Setembro de 1982


Diante de nós o grande capítulo das misericórdias de Deus. As misericórdias são a fonte do conforto de Deus. A misericórdia de Deus está presente no meio das aflições dos seus queridos. E os sofrimentos dos fiéis geram três classes de alegrias, dentro do ensino do apóstolo:
1) Entramos na escola da simpatia.
2) Desenvolvemos nossos sentimentos no encorajamento.
3) Temos garantia e segurança de nossa fé.
A abundância dos sofrimentos de Cristo em nossos corações.
Os versos 9 e 10, no entretanto, são nossos grande ensino desta hora. Paulo lembra uma experiência amarga que havia de revelar a profundidade de sua própria salvação.

I - O DEUS QUE NOS LIVROU
No caso em tela, Paulo se referia, talvez, a Atos 19.30. Alguns colocam o incidente em algum lugar da Ásia (1Coríntios 16.19).
1. A consciência nos pode testificar sobre os livramentos do passado. O testemunho cristão é variável em extremo. Em reunião de oração há dias, ladrões entraram no apartamento, prenderam a senhora crente depois de obrigar a assinar o cheque do saldo de sua conta bancária. Anularam o telefone. Mas ante o barulho no edifício fugiram apavorados. Na manhã seguinte ao limpar a casa o cheque foi encontrado.
2. Livramento das canseiras do dia a dia. Livramento de enfermidade. Livramento de falsas acusações.
3. Livramento do pecado e suas influências mortal. Davi cantava em ocasiões diferentes o seu livramento. O Salmo 142 canta o livramento dentro da caverna; Em outros relatos em sua carreira Davi fala do livramento diante dos seus inimigos.

II - O DEUS QUE PODE LIVRAR NO DIA DE HOJE
1. Graças a Deus que sempre nos conduz ao triunfo.
2. Salmo 55.17: À tarde, pela manhã e ao meio dia, farei as minhas queixas e lamentarei e ele ouvirá a minha voz.
3. Salmo 59.16. Eu cantarei a tua força; pela manhã louvarei com alegria, pois tu me tens sido um alto refúgio, não só no passado, mas hoje.
4. Salmo 138.8. O que a mim me concerne o Senhor levará a bom termo; Tu farás por mim tudo quanto me prometeste.
Lutero no auge do desespero clamou: "Deus é meu socorro bem presente nas tribulações. Sempre pronto a ajudar".

III - O DEUS QUE NOS ESPERA NA ETERNIDADE
O pastor tocou a campainha da casa, para atender o chamado de alguém da igreja que pedia uma oração  por um parente enfermo. A senhora já de certa idade disse ao pastor: "Meu pai está bem enfermo, mas há de se alegar em vê-lo. Ele não pode ver, nem se locomover, mas ouve bem e fala com dificuldade".
Li uma passagem da Bíblia que pudesse suavizar o ambiente pesado que via. Subitamente o velho sentou-se na cama: "Obrigado, pastor, disse: Eu tenho vida eterna... Eu tenho vida eterna"...
Um velho crente, conhecido por seu amor à Bíblia, descia a rua segurando o Novo Testamento.
-- Como vai, velho amigo?
-- Por que leva o livro tão cedo... Vou sentar-me na praça para ler a vontade de meu Pai, enquanto estou nesta vida.
-- Que vontade é esta, perguntou o caminhante...
-- Aquela que me revela que Ele me outorga vida abundante aqui e cem vezes mais na eternidade.
D. L. Moody presenciou o incêndio que destruiu muito das suas coisas. Alguém comentou: "O senhor perdeu tudo, não é mesmo"? Não, Jesus continua comigo e nada pode alterar a salvação que me garante.


 

Compartilhar
Twitar
Google+
Please reload

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão