AS DESPESAS MARAVILHOSAS DE DEUS

Traduzo o texto de Moffatt referente a 2Corintios 9.8.11:

“Deus é capaz de abençoá-los com fartura de meios, de modo a que tenham sempre o necessário, inclusive para emergências do seu caminho e ainda o suficiente para atos de atendimento a outros (verso 10): Ele (Deus) que provê o semeador de semente e de pão para comer suprirá a cada um de vocês de semente e a multiplicará. Ele aumentará a colheita do seu amor e encherá as suas mãos, de modo que prossigam com atos de generosidade, de cujos atos eu sou agente, de modo a fazer com que muitos rendam agradecimentos a Deus”.

É evidente que a passagem traz em si mesma um enorme desafio. Paulo estava comunicando aos coríntios suas alegrias pelas ofertas de que ouvira falar e lhes garante que tais ofertas trariam de volta benefícios maravilhosos. Foi baseado neste verso 8 que Franke iniciou o grande movimento social para pessoas desvalidas. Ele postou uma urna à porta do seu lugar de residência, colocando sobre a urna este verso de 1João 3.17:

“Ora, aquele que possuir recursos deste mundo e vir a seu irmão padecer necessidade e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus”?

Ao final de alguns dias descobriu que havia mais dinheiro dentro da urna do que ele tinha esperado. Diante de tal generosidade do povo, iniciou ele a sua escola para necessitados que havia de crescer e imortalizar seu nome.

A ênfase do verso é dada ao poder de Deus como capacidade ilimitada de ajuda. Deus tem prazer em dar àquele que com alegria também dá. Deus pode derramar sobre nós graciosamente tanto as bênçãos espirituais, quanto as bênçãos de ordem materiais.

É muito interessante, quando se toma a opinião dos homens que estudaram a Bíblia em profundidade. Eles sentem nesta passagem a realidade de um trato da graça que atende até às necessidades corpóreas, éticas, fraternas, para não ficarmos apenas na ênfase espiritual do ensino. Mais ainda, Paulo usa -- e multiplica termos --, como que para conferir o mais que lhe foi possível de ênfase, ao que desejava fixar na mente dos seus leitores. E a ênfase deixa bem clara a majestade de Deus, no seu trato com os homens que se dispõem a abrir os corações para Ele e para os seus semelhantes.

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão