top of page

REFLEXÕES EM TORNO DO LAR (Salmo 128 e 133)

Sermão proferido na Igreja Batista da Tijuca em 25.05.1952

Artigo/Sermão - 25.05.1952


Aqui estamos reunidos em família para pensar em nós mesmos. Nossos lares - o lar da alma durante os dias de nossa peregrinação e o lar familiar estão diante de Deus neste culto de família. Que sejam propícios os nossos momentos de meditação. Não é desejo fazer desta uma hora de exortação, mas é nosso anseio fazer dela uma hora de reflexão sincera e sentida no desejo sublime de melhorar nossos lares.


I - NOSSOS LARES REPRESENTAM NOSSAS MELHORES OPORTUNIDADES

1. É no lar cristão que o jovem arquiteta todo o plano de uma vida. E é ali que seus planos começam a dar corpo e se alimentam de inspiração. Ali o menino pensa no que será ali ele começa a realmente ser.

2. É no lar cristão que aprendemos a andar fisicamente e é ali que aprendemos os segredos da vida. Ali nos retemperamos para quando a tormenta chegar.

3. É no lar cristão que podemos ver acrisolados os nossos bons sentimentos e corrigidos os males que poderão vir a construir nosso futuro.

4. No lar cristão podemos ser criticados e disciplinados, e, se o formos, estaremos dentro do verdadeiro espírito que faz da disciplina algo de confortante e estimulante ao mesmo tempo.

5. Esse quarto ponto e tudo mais que pudermos lembrar em relação ao lar, aumenta a nossa compreensão de que é no lar onde temos as verdadeiras oportunidades da vida. O que eu for no lar, serei na sociedade.


II - NOSSOS LARES, CENTRO DE ATRAÇÕES

1. São nossos lares centros de atrações para a igreja de Jesus. Os soldados da primeira linha amanhã, são forjados hoje em nossos lares. E amanhã a igreja os conclamará para tomar lugares que se tornam vagos.

2. Nossos lares constituem a esperança da Pátria nas horas de dor e de sofrimento. Ai do país que não possuir lares fortes que os possam suprir nos momentos de tormenta.

3. Nossos lares constituem fontes de atração para outros lares. Aqui um moço que trará para o seio do seu lar aquela moça que pertence a outra família. São duas famílias que se vão unir. São destinos que se unem e essa atração partiu do lar.

4. Essas três reflexões devem nos fazer pensar maduramente naquilo que nossos lares representam diante da sociedade como luzes a brilhar em lugar escuro.


III - QUAIS OS LARES QUE HÃO DE SOERGUER O MUNDO E A SOCIEDADE

Guardemos em primeiro lugar esta verdade de que não haverá sociedade alguma que possa se elevar acima do nível moral de seus lares e nem poderá haver qualquer igreja que se eleve acima do nível de seus lares. Está o meu lar contribuindo para a elevação espiritual de minha igreja? Da sociedade em que vivo? Do meu país? São perguntas que nos levam a reflexões.

1. Os lares que tornarão o mundo melhor devem ser cheios de amor. Foi um prazer conhecer e ouvir Dr. Angell, pastor da primeira Igreja Batista em Miami, eminente pregador. Ele conta a história do pintor que buscava a coisa mais desejável do mundo.

Perguntou ao pregador que lhe respondeu: .

Perguntou a um soldado: Paz.

Andando mais um pouco, viu um casal de mãos dadas, feliz e sorridente: Amor, responderam.

À tarde, ao voltar para casa, viu sua esposa e filhos que de pé esperavam sorrindo e acenando de contentes. Como um raio o artista raciocinou: A coisa maior do mundo é meu lar. Lá eu tenho fé e paz e amor. Eu pintarei meu lar.

Dr. Angell conclui: “Se alguém puder construir tais lares, jamais teremos um mundo destruído por bombas de hidrogênio.”

2. Os lares que tornarão o mundo melhor devem cultivar a compreensão de deveres.

3. Os lares que tornarão o mundo melhor se fortalecem na fé, para que tenham crentes amanhã.

A fé no Cristo vivo produz fé no futuro e nas vitórias. A fé ainda vive em milhares de corações. Não há segredo no que Deus pode fazer. O que Ele fez por outros pode fazer por você.

Comments


Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:
bottom of page