DESCANSO E FORÇA OFERECIDOS AO FRACO E CANSADO (Isaias 40)

Pregado em 22.06.1952 – na Igreja Batista da Tijuca, hoje Primeira Igreja Batista no Andaraí.


Quero crer que haja um grupo de pessoas amigas e que assistem aos nossos cultos, mas que não sentem força para assumir um compromisso público com Cristo. Hoje vamos considerar esta passagem na esperança de servirmos às pessoas nesta condição.


I - O AMBIENTE DA MENSAGEM DO PROFETA

1. O povo era cativo em Babilônia e possivelmente levado à crise de receio e desconfiança.

2. Havia algumas coisas que lhes estavam perturbando as mentes, notadamente duas coisas principais:

(a) "O meu caminho está encoberto. Deus não mais nos ouvirá. Estamos esquecidos". Diz-nos o texto que não somente pensavam, mas também falavam a respeito dessas coisas.

(b). "O meu juízo já passou pelo meu Deus. Não há mais esperança, o juízo já se foi e Deus não se lembra mais de mim".

Esta era sem dúvida uma época triste na história e experiência daquele povo. Mas é nesta hora de dor e de tristeza quando se faz ouvir a voz de Deus.

3. Deus sempre fala em ocasiões semelhantes. Quando Jacó triste fugia receoso do seu irmão e inimigo, Esaú, Deus lhe aparece em Jaboque e ali na experiência dolorosa e triste Jacó recebe o nome de Israel e com o nome as mais sublimes experiências de sua vida.

Quando o povo cansado de opressão dia e noite pedia socorro e misericórdia, eis que Deus se levanta e providencia livramento de onde o povo jamais o haveria de esperar . Quando as nações se encontravam à sombra da morte, eis que "O povo que andava em trevas viu uma luz". Sim, Deus enviara a luz gloriosa.Quando Paulo clamava entristecido e ansioso por livramento, eis que a voz do Senhor se fez ouvir dizendo: " A minha graça te basta". Sim, Deus estava pronto a ouvir o seu clamor.

4. De igual forma aqui Deus fala ao povo distante por intermédio do seu grande profeta. Prestemos, pois, atenção aquilo que Deus falou.


II - A MENSAGEM QUE DEUS ENVIOU AO POVO (Força, alegria, vida feliz)

1. Lembrai-vos... versos 12 a 14. Seu passado é uma garantia. Muito do que sofremos vem por não lembrarmos .

2. Vede... versos 26. Ele é eterno, é incansável, é cheio de força.

3. Sabei que Ele deseja ajudar. Deus está pronto a conceder a força de que necessitamos... verso 29.

4. Seu auxílio será dado sem qualquer distinção. Ele anseia por ajudar a todos. E seu auxílio não sofre a contingência do tempo, mas continua a se exercer pela mocidade, velhos e todos. Faz-nos lembrar duas cenas: Primeira: Aquele encontro com a mulher samaritana junto ao poço de Jacó... "se tu soubesse que é o que te diz dá--me de beber, tu lhe pedirias e ele te daria água viva"... Segunda: Aquela sua apresentação em Nazaré no inicio de seu ministério. Jesus leu a famosa passagem de Isaias 42.1-4.


III - CONDIÇÕES PARA O RECEBIMENTO DE TÃO GRANDES BÊNÇÃOS

Há duas ideias que são claras na passagem: A idéia de calma, paciência e a idéia de fé, crença, confiança no Senhor. Qualquer pecador que deseje receber a bênção e alegria perfeita, deve confiar em Deus e esperar d'Ele o livramento.

1. ESPERAR. A bênção é para os que esperam, não passam à frente de Deus. Dr. Metcelfe (Cap. J. C. Lonres).

Disse: “Se desejais provar as reservas do poder divino, necessário se faz compreender a sua completa insuficiência própria.”

Jesus disse: “Bem-aventurados os pobres (humildes) de espírito.”

Aqueles que sabem não poderem nada de si mesmos. Isaías (40:30ss) disse isto aqui, ao falar: “Jovens se cansarão e cairão... Sim, nem jovens são suficientemente fortes para as vitórias espirituais... Fortes são os que esperam e confiam no Senhor.

"Os que esperam no Senhor renovam suas forças"... Sim, passarão a confiar não mais em si mesmos, mas em Deus. Eles aprenderão o segredo do Salmo 62.11: "Uma coisa disse Deus e duas vezes a ouvi que todo o poder pertence a Deus".

“Mas os que confiam no Senhor renovam suas forças”. Não farão mais em seu poder mas no Seu poder. Ele os fortalecerá. Do próprio Jesus se diz: "O qual tendo sido crucificado em fraqueza, contudo vive pelo poder de Deus". (2.Coríntios 13.4).

Foram palavras gloriosas de Lutero: “A nossa força nada faz...estávamos derrotados...mas nosso Deus...”

2. CREEM: SOMENTE PELA GRAÇA A FORÇA PODE SER MUDADA. Em Marcos 10.17-22 temos a história de um moço que desejou mudar o curso de sua vida. Jesus mostrou-lhe a necessidade de mudar o curso de suas forças... e o moço retirou-se triste porque possuía muitas riquezas.

AS COISAS MAIS NOTÁVEIS DA VIDA REQUEREM PERSEVERANÇA.. Já vistes uma mãe que acaricie o ente recém-nascido em seus braços? Quanto tempo ela esperou?

Já vistes um diploma? Quanto tempo de espera e lutas?

Assim é a vida: Perseverança e luta para alcançar as coisas que valham a pena.

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: