CONQUISTARMOS O EU PARA RECONHECERMOS O SENHOR (Gálatas 2.18-20)

Amplo e difícil o campo do EGO, o EU de cada um de nós. EGO expressa o conceito que cada um de nós faz de si mesmo. Trata-se da personalidade que faz contraste com o alter, o outro. Em psicanálise temos aqui a parte superior do ID, parte mais profunda o EU, o íntimo de cada pessoa. O egocentrismo marca da tendência natural de se colocar sempre o EGO, o EU de cada um em lugar de comando, superior a tudo mais. Percebe-se a imensa discussão que podemos ter, ao considerarmos o problema do Senhorio de Cristo, pelo seu domínio sobre EGO, o eu de cada um de nós.


I - CRENTE SEÇÃO SALVOS DO PECADO, MAS NÃO SÃO IMPECÁVEIS

1. Pedro negou Jesus três vezes. Pedro foi reconduzido ao grupo dos apóstolos, mas não venceu de pronto os seus impulsos e erros (Gálatas 2.7-14).

2. Em 1Coríntios 3, lemos de crentes carnais e até de crentes dominados pela carnalidade de modo a constituir partidos de preferência dentro da igreja (Sarkós-Sarknós, carne).

3. João na sua terceira epístola fala de Diotrefes, um mandão na igreja que perturbava o trabalho.

4. Paulo fala de si mesmo sobre um tempo difícil na sua experiência com Deus (Romanos 7).


II - CONVERSÃO A CRISTO JESUS E INICIO DO CONFLITO

A carne contra o Espírito, Gálatas 5.16..., "Deixem que o Espírito de Deus dirija vocês para que não obedeçam os desejos da carne humana, porque a natureza da carne quer é contra o Espírito, e o que Ele quer" ... (Tradução Linguagem de Hoje).

Paulo cita 16 marcas negativas da carne contra o Espírito. Temos aqui 4 grupos de pecados:

1. Pecados sexuais-morais; 2. Pecados da idolatria-mundo pagão; 3. Pecados pela violação da Lei e seus ensinos; 4. Pecados de intemperança.


III - A PRESENÇA DO EU NO CONFLITO DA SANTIDADE

No VEDANTA dos Indús se lê: Aham Brahma, ou seja, meu EU é Deus. (*)O princípio cristão é diferente: "Submeta-se a Deus". Não é difícil dominar o EU. Relatos apontam para religiosos da India, cobertos de cinzas queimadas, mas fanáticos pelas castas. Lemos de Ministros da Índia que queimaram a língua mas não venceram os falatórios. Alguns oferecem a língua à deus Kali, mas não venceram a si mesmas. Homens se mutilaram para evitarem os males do sexo e não conseguiram.


IV - O MARAVILHOSO MILAGRE DO EU CRUCIFICADO

Paulo inclui isto ao descrever o sentido do batismo cristão: "Todos os que fostes batizados em Cristo (Gálatas 3.27). Este fenômeno se liga à realidade da fé em Cristo (v.26). Revestistes (Sunestaurorai), tempo perfeito dando, a ideia de ação continuada em Cristo, pela fé.

(*) (NR): VEDANTA, sistema filosófico surgido por volta do século VI a.C., e caracterizado pela suposição de que o indivíduo para que alcance sua libertação final, deve superar a ilusão de que vive em um mundo material e múltiplo, compreendendo o seu pertencimento à realidade original,única e absoluta (Wikipedia).

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: