CHAMADOS Á TERRA DE DESCANSO (Hebreus 4.1-11)

Quando Deus prometeu livramento ao seu povo ele o convocou para uma terra de leite e mel. Nesta expressão está descrita uma ação de doçura e perfeita alegria. O povo de Israel começou a marchar na direção da terra prometida. Comentamos há dias um dos mais lindos trechos da Bíblia: Número 10.29-32.


I - LUTADORES DO PASSADO NO CAMINHO DO DESCANSO

Deus resolveu tirar Israel do Egito para levá-lo ao descanso, mas a luta para chegar até lá foi impressionante.

1. Moisés teve momentos de incompreensão a respeito da chamada de Deus. Quando o encontramos em Êxodo 3, ele está medroso; não se sentia seguro; mais tarde tem experiência marcante e leva o mar em se dividir em dois. Aparentemente Moisés estava livre para sempre de todo o mal e de problemas. Mas, daí a pouco a insatisfação de novo. O Amaleque com suas tramas; a impaciência de Moisés, perdendo até o direito de entrar na terra prometida.

Tudo isto para nosso ensino foi escrito.

2. Em Número 12 temos a história triste de Miriam e Arão. Ela a santa poetisa, a mulher maravilhosa na história do povo... ele o sacerdote valoroso... Mas Satanás colocou no coração dos dois santos uma pergunta: Porventura tem falado o Senhor somente por Moisés e não tem falado também por nós?

3. No capítulo 13 de Números volta um problema sério. Os espias são mandados à terra de Canaã, mas ao retornarem a sua palavra de desânimo: Lá há gigantes... não podemos vencer gigantes. CHAMADOS AO DESCANSO, MAS INCRÉDULOS E CARNAIS...

Tudo quanto foi escrito para nosso ensino foi escrito.


II - CRENTES DO PRESENTE NO CAMINHO DO DESCANSO

"Vinde a mim e encontrareis descanso para as vossas almas" Mateus 11.28-30). Não para as vossas cabeças, ou para os vossos pés.

1. Crentes com fardos pesados tentam se livrar deles, correndo dos fardos, mas estão presos a eles. É o fardo de suas próprias sombras... O fardo de um pecado encoberto não perdoado; o fardo de uma tendência ainda não dominada.

2. O fardo de uma sociedade hostil... George John Wehner (1891-1968) foi assistir a uma pregação no Madison Square Garden de New York e aceitou a Cristo. Ao sair encontrou seus amigos e foi dizendo logo que tinha aceitado a Cristo. Notou que havia uma oposição à vista. A terra prometida não tinha sido achada. E quando recusou a sorrir ante uma piada imoral, tomou um soco de lutador de boxe e caiu forte no cimento da rua. George diz que descobriu logo cedo que sua vida cristã seria de lutas, mas sempre de vitórias.

3. Notemos que muitos não entraram na terra por rebeldia. Entraram todos os que foram fiéis; ainda que na adversidade.


III - TRIUNFANTES NO CAMINHO DO DESCANSO

1. Não sentirei paz no mundo, se não houver paz na minha alma. Como conseguir paz na alma?

Hino148 - Cantor Cristão: Em tempos de perturbação/Na dor maior na tentação/Procurarei com mais fervor/A comunhão com meu Senhor...

Hino151-Cantor Cristão: Ao sentir-me rodeado/De cuidados terreais/Irritado, enfraquecido/Em hesitações fatais/A Jesus eu me dirijo/Nesses tempos de aflição/As palavras que ele fala/Traze-me consolação...

2. Triunfantes na renovação da fé. Jesus é presente hoje em minha vida. O que ele diz na sua palavra é a verdade.

3. Eu quero aceitar a Jesus para todos os tratos da minha vida. John Wilbur Chapman (1859-1918) pregou numa campanha evangelística. Visitante não aceitou a Cristo, mas ficou com o hino no coração. Não dormia. Marido, por que não dormes?... Há uma música que não sei qual é e nem consigo esquecer... Tenho vagado longe de Deus, creio o que diz a letra. Marido, quando eu era menina ia à Escola Dominical, esta era a música: "Tenho vagado longe de Deus/Agora volto para o lar/Tenho trilhado os longos caminhos do pecado/Senhor quero voltar para o lar"...

Nós dois estamos longe, creio que devemos voltar, disse a esposa.

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: