A FIDELIDADE DE DEUS (1Coríntios 10.1-13)

Sermão proferido em 19.04.1970


Vivemos na semana passada muitas emoções relacionadas a três homens que vagaram no espaço sideral em perigo de não mais poderem voltar à terra. Esses homens oraram. Seu Presidente pediu orações. Por ocasião do seu resgate orações foram feitas e televisadas para todo o mundo, reconhecendo que Deus mesmo realizou o milagre da sua volta. Temos aqui a Ciência que se curva ante o poder de Deus.


I - A FIDELIDADE DE DEUS NA ORDEM NATURAL

1. Deus é fiel criador (1Pedro 4.19). O mesmo pensamento ocorre em Lamentações 3.23: "Novas são a cada manhã, grande a tua fidelidade". O salmista concorda com a mesma doutrina, quando firma: "Para de manhã anunciar a tua benignidade e todas as noites a tua fidelidade" (Salmo 92.2).

2. Deus é fiel porque criou leis fixas que se mantém pela Palavra do seu poder. Os astronautas puderam fazer tudo, tendo em vista as leis já estabelecidas por Deus. Por exemplo, desfizeram-se da cápsula que tanto os ajudou antes da entrada na atmosfera, tendo em vista que ela não resistiria à entrada na atmosfera da terra.

3. É a fidelidade de Deus que mantém os pássaros; que regula a vida dos peixes.


II - A FIDELIDADE DE DEUS EM RELAÇÃO AO HOMEM

1. A fidelidade de Deus em relação aos crentes (1Tessalonissenses 5.24).

2. Ele é fiel para guardar o seu conserto e as suas promessas até mil gerações (Deuteronômio 7.2).

3. Ele é fiel em ajudar o homem na vitória sobre o maligno, o tentador (1Coríntios 10.13).

4. Deus é fiel aos que os negam, fiel aos que o esquecessem, dando-lhe uma oportunidade nova a cada dia.

5. A fidelidade de Deus em relação ao homem (João 3.16). Fiel é o que prometeu (Hebreus 10.23). Ele é justo para perdoar os pecados (1João 1.9). Duas coisas difíceis: Perdoar e purificar. Deus faz ambas.


III - QUE DESEJA DO HOMEM O DEUS FIEL?

1. "Lavai-vos e purificai-vos" (Isaias 1.16-17).

2. "Tu te maculastes com muitos amantes, mas ainda assim torna para mim, diz o Senhor" (Jeremias 3.1).

3. Deus, não tendo em conta os termos da ignorância declara a todos os homens que se arrependam (Atos 17.30).

4. "Arrependei-vos e crede no Evangelho" (Marcos 1.15).

Domingos de Abreu Vieira (1724-1812) um dos conjurados condenado pela Conjuração Mineira. Teria longa viagem no caminho da morte. Seus amigos mis íntimos o deixaram. Mas um dos escravos recusou a fazê-lo Era Nicolau, o escravo fiel. Seu amo veio para o Rio de Janeiro, numa distância de 500 quilômetros a pé, mas Nicolau o seguiu a pé e com ele permaneceu até a morte.

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo: