top of page

A BÍBLIA O LIVRO MARAVILHOSO (Salmo 19)

No domingo universal da Bíblia, desejamos antes de mais nada tributar nossa apreciação e nosso respeito àqueles que no passado tudo fizeram para que tivéssemos a Sagrada Palavra de Deus nos dias de hoje. Agradeçamos a Deus em primeiro lugar por nos ter legado a Bíblia; e agradeçamos-lhes a vida de todos os seus autores; agradeçamos-lhes a coragem, intrepidez e ousadia daqueles que através dos dias negros da Idade Média no-la transmitiram. Neste Exército de homens e mulheres em torno do ideal sagrado da disseminação do Livro por Excelência.


I - A BÍBLIA É O LIVRO MARAVILHOSO PARA O HOMEM COMUM

1. Maravilhoso por tudo aquilo que ele descobre neste livro, do qual nunca ninguém chegará a descobrir todas as coisas. 66 livros e ainda assim um livro só, mais de 40 autores e ainda assim uma só mensagem. Todos os assuntos de que diz respeito à vida humana e ainda assim numa linguagem tão simples e tão ao alcance de todos.

2. Maravilhoso porque ele fala de coisas difíceis em termos que nós entendemos. Quantas vezes o diagnóstico de um médico nos é encoberto. Nunca consegui entender um diagnóstico de Raio X mas entendi a criação do mundo desde a primeira vez que li a Bíblia.

3. Maravilhoso porque sua história é sempre a história de cada leitor. Quantas vezes o homem simples do campo abre o livro e lê e encontra nesta leitura a sua própria história. Leio do Filho Pródigo; o filho pródigo fui eu. Leio do cego e curado a exclamar "eu era cego e agora vejo". Lembro-me dos meus momento0s de cegueira espiritual, cantando então sem cântico "Oh, quão cego eu andei e perdido vaguei...". É por isto que pude ver aquela velhinha já além dos setenta anos, educação mediana. Saímos e, ao voltar, já no entardecer lá estava ela debruçada sobre o Livro Divino. Ainda lendo? Sim, porque esta é uma nova tradução e desejo lê-la e anotá-la.


II - A BÍBLIA UM LIVRO MARAVILHOSO PARA O CIENTISTA

Já dissemos e devemos repetir que a Bíblia não é um livro de tecnologia. Não, a Bíblia é antes um livro simples. Mas sendo um livro simples, a Bíblia tem sido um grande auxílio para a Ciência em toda a sua trajetória. Ouvimos de cientistas céticos, mas não são eles céticos para serem cientistas. Também há homens que não são cientistas e são céticos. Ceticismo é mais uma teimosia de personalidade humana do que algo realmente lógico. Pensemos nas afirmações bíblicas em face de afirmações científicas.

1) A Ciência diz que no princípio era os céus. A Bíblia diz que no princípio "tudo era sem forma e vazia".

2) A Ciência não pretende explicar de onde tudo veio. A teoria da geração espontânea, definida por John Needham – (1713-1781), no século 18, foi completamente desmascarada por Louis Pasteur – (1822-1895). Mas a Palavra de Deus diz tudo que existe foi criado por Deus.

3) A Ciência diz que a nebulosa era sem luz, a Bíblia diz: "Havia trevas sobre a face do abismo...".

4) A Ciência diz que no princípio havia uma força a mover a nebulosa - Teorema de La Place. Mas a Ciência não diz de onde provinha esta força que a Bíblia diz: "O Espírito de Deus se movia sobre a face do abismo...". A Ciência.

5) A Ciência diz que houve a luz cósmica, antes do aparecimento do sol. A Bíblia narra o aparecimento da luz no primeiro dia, deixando o aparecimento do sol e da luz do quarto dia.

6) A Ciência reconhece que a criação partiu do mais baixo para o mais alto. A Bíblia diz que foram criados os seres inanimados, depois seres vivos, depois seres animados.

7) A Ciência diz que o aparecimento do homem veio tarde na face da terra, com o que concorda a Bíblia.

8. A Ciência diz que a vida animal apareceu primeiro na água o que afirma a Bíblia. 

Kommentare


Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:
bottom of page