A RESSURREIÇÃO E AS RESSURREIÇÕES (Mateus 28.1-10)

(Sermão proferido na Igreja Batista da Esperança em 30.03.1970)


Diante de nós mais um domingo de Páscoa, quando comemoraremos a ressurreição do Senhor. Dizem que John Knox (1514-1572) um dos grandes pregadores da Inglaterra, de certa feita, quando muito enfermo levantou-se de sua cama. Os familiares se assustaram ante o enfermo que se levantava. Sua palavra foi esta: "Passei a meditar na gloriosa ressurreição do Senhor e sinto que devo repartir com outros os maravilhosos pensamentos que Ele me revelou. A ressurreição tem sido pedra de toque na história da igreja de Jesus na terra.


I - RESSURREIÇÃO SEGUNDO A NARRATIVA BÍBLICA
1. Três mulheres para ungir o corpo; Maria Madalena, Maria mãe de Tiago e Salomé. Essas mulheres lutavam para descobrir a maneira de entrar no sepulcro (Marcos 16.2-3). Lucas nos diz que outras mulheres as seguiram (Lucas 23.55).
2. As três mulheres encontraram a pedra removida (Mateus 28.2).
3. Maria Madalena corre para avisar a Pedro do sucedido (João 20.2). As outras 4 mulheres entraram no sepulcro e se certificaram do maravilhoso acontecimento. Saíram para avisar aos demais (Mateus28.8).
4. Pedro e João chegou ao túmulo, numa bela disputa de corrida (João 20.4-10).
5. Madalena volta ao sepulcro, agora para chorar, quando Jesus se revela a ela (João 20.11-18).
6. Enquanto as outras mulheres se dirigiam aos outros discípulos, Jesus se apresenta a elas (Mateus 28.9-10)

 

II - RESSURREIÇÃO NA MANHÃ QUE SE SEGUIU A UMA DOLOROSA NOITE
1. A manhã segue sempre às trevas da noite.
2.  A manhã revela o dia de novas oportunidades e esperanças.
3. A manhã prefigura o dia glorioso do dia do Senhor na sua segunda vinda gloriosa. Nos países de outro hemisfério, as estações são diferentes. Nos Estados Unidos, por exemplo, a Páscoa vem com a Primavera e os campos que estiverem cobertos de neves apresentam a imagem belíssima de um quadro inteiramente novo.


RESSURREIÇÃO E OUTRAS RESSURREIÇÕES
1. Lemos em Mateus 27.52 que ao tempo da morte de Jesus, muitos dos mortos foram ressuscitados. Mas esses só se apresentaram ao tempo da sua ressurreição. Cristo é o primeiro fruto da ressurreição (Colossenses 1.18). Não se lê da nova morte daqueles que assim foram ressuscitados, inferindo alguns que terão voltado ao céu com o Senhor ressuscitado, tipificando a idade todos os crentes.
2. Lemos em 1Coríntios 15.20 que a ordem das ressurreições foi a seguinte: Cristo (verso 20) e depois os que são de Cristo (verso 23).
3. Mas precisamos neste dia de novas ressurreições: Ressurreição de um ideal perdido, de um voto perdido. Ressurreição de uma experiência com Cristo. Ressurreição no ideal da família, no ideal dos filhos, no ideal da igreja. 
Graças a Deus que vários irmãos até agora excluídos da igreja estão preenchendo os questionários da igreja para solicitar sua reconciliação. Mas há os que ainda não se reconciliaram com Deus e que precisam hoje fazer essa reconciliação.

 

Compartilhar
Twitar
Google+
Please reload

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão