HONRA DE UM SANTO (Gálatas 2.19-20)

I - GRANDEZA PELA TROCA DE POSIÇÃO
1. Morte para a lei e o legalismo da lei.
2. Morte da vontade própria pela crucificação do seu próprio eu.
3. Disciplina moral forte e atuante. Vida no poder da própria presença de Cristo.

 

II - A FORÇA PARA A HONRA DO SANTO

1. "Vivo na fé". O justo viverá sempre pela fé. O demônio cria atropelos e problemas para a realidade da fé. Ele quer que o homem seja dominado por sua credulidade, pela superstição, pelos meios mais variados de cultos sem vigor e sem valor. 
2. Fé de Paulo e fé em Cristo.
3. Fé de Paulo compreende o amor de Cristo, quando subiu o Calvário em seu lugar.

 

III - A HONRA DO SANTO DESCANSA NA GRAÇA PLENA (verso 21).
Todos os sistemas do Oriente falam de uma religião pelas obras. A Geographic Magazine publicou uma reportagem sobre o Ceilão, o grande país de chá preto. Na reportagem vimos o seguinte: 
1. A fila para adorar o Buda. Cada adorador leva uma flor para colocar ao pé da imagem.
2. A dança sobre as brasas no calor maior. Até jovens se lançam na dança sobre as brasas. Um deles declarou ao repórter: "faço isto porque expresso a minha entrada no Nirvana, o lugar de descanso".
3. O mesmo princípios nos dias de hoje quando se procura entrar no céu pelas obras. A graça e somente a graça é a base. Tudo pela graça.
4. Não graça barata, mas graça firmada no temor no amor a Deus. Oficial inglês declarou "Um soldado que não tenha um pouco de medo torna-se louco e perigoso". Temor a Deus é base da graça.
5. Graça que torna o homem humilde e conhecedor dos seus erros e necessidades.

Compartilhar
Twitar
Google+
Please reload

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão