O MINISTÉRIO DO SILÊNCIO (Salmo 19)

Nosso assunto parece fora de época. Este é o tempo de se falar muito e pensar pouco. Os homens têm muito o que dizer, mas pouco tempo para pensarem naquilo que devem dizer. Pascal deixou escrito em seus alfarrábios: “Todos os males da vida que têm caído sobre nós o foram por causa da nossa negligência a sentar quietos em um quarto para meditar”. Talvez que nem todos os males que ocorrem fosse causados pela ausência de meditação, mas o certo é que há muito arrependimento de nossa parte por alguma coisa que foi dita e que não deveria ter sido... Por vezes depois de ouvir o que alguém diz pensamos: Falou para pensar...outras vezes: pensou para falar... Pouca diferença na frase, mas muita no sentido.

I – O Ministério do Silêncio Nas Obras de Deus 1. Abramos a Bíblia para ler descritas as obras de Deus...Haja luz...e houve luz... Tão importante a luz, mas tão poucas palavras para apresentar-lhe as origens. (Gn 1:3 “Disse Deus: haja luz; e houve luz.”

2. Olhemos para os céus... Eles declaram a glória de Deus... o firmamento anuncia as obras de suas mãos... Sem linguagem e sem fala...tanta beleza, tanta poesia... tanto conforto, mas poucas palavras. (Salmo 19:1)

3. As viagens marítimas são próprias para meditação.Lembro de nossa viagem de vinte e um dias pelo mar aberto... De quando em vez, um peixe pulava sobre a água pondo a cabeça de fora. O resto era silêncio.

4. As florestas murmuram apenas e as constelações cintilam e enchem a vista, mas não fazem algazarra. (Salmo 19:3)

5. Alguém chama atenção ao próprio culto hebraico dizendo: “Arão devia falar enquanto Moisés deixava que a face brilhasse pela comunhão com Deus... O Urim e o Thumim, contudo, eram a linguagem mais forte do culto antigo. Colocados sobre o peitoral do sacerdote brilhavam e lembravam aos fiéis as profundezas de Deus.

II – O Ministério do Silêncio em Épocas na Vida Humana 1. Jó capítulo 2.12-13 nos apresentam um desses exemplos. Os amigos de Jó vieram para consolá-lo e ficaram sete dias e sete noites sem dizerem uma só palavra. É melhor ter um coração sem palavras, que palavras sem coração”.

2. Isaías 7 nos conta uma história dos dias de Acaz. Síria e Efraim fizeram aliança. Acaz tremeu e o coração do povo se agitou como árvores no bosque... Deus mandou dizer pelo profeta: “Não temas por causa de dois tições fumegantes...conserva-te tranquilo”... Mas foi difícil fazer isto, pelo que mais tarde o profeta foi forçado a dizer essas palavras: “Em vos converterdes e em repousardes estaria a vossa confiança. No sossego e confiança estaria a vossa força, mas não quisestes”. (Isaías 30:15)

3. Mateus 14.12-13 nos dão um retrato de Jesus. Ele acabara de ouvir que João Batista havia sido degolado por Herodes e saiu e não disse palavra alguma, mas foi para um lugar deserto.

4. Isaías 42.2 nos diz que Jesus não haveria de ser um pregador de ar livre. Ele havia de ter um ministério de serviço. Durante o seu julgamento à sombra da cruz, Jesus controlou suas palavras. Não respondeu às perguntas de Herodes porque não queria ser abusado. Falou parcimoniosamente diante de Pilatos’.

5. Maria quando teve a anunciação gloriosa da vinda de Jesus não disse palavra. Ela guardou todas as coisas conferindo-as em seu coração... Se Maria tivesse falado aos outros possivelmente teria sido morta antes do Mestre nascer... Deus sabia que ela era capaz de guardar os seus segredos. (Lucas 2:19)

III – O Ministério do Silêncio e Suas Conquistas 1. Salmo 39.3: “Ardia dentro de mim o meu coração enquanto eu meditava...” – Davi sabia meditar... Quantos dos seus salmos teriam nascidos de suas meditações?

2. Quando Jesus viu a Natanael comentou: “Eu te vi, estando tu debaixo da figueira”... Na hora da meditação apareceu a solução. (João 1:48)

3. 1 Pedro 3.1 fala daqueles que haviam de ser ganhos sem palavras, ou melhor, aqueles que haviam de ser ganhos pelo testemunho, pela vida. Para terminar, uma cena que aparece duas vezes no ministério do Senhor. A primeira é a pecadora que ungiu os pés de Jesus. (Lucas 7:36). A segunda é Maria, irmã de Lázaro, que o preparou para a sua sepultura (João 12:3).Nem uma palavra...silêncio...

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão