O DEUS PAI DAS MISERICÓRDIAS (2 Coríntios 1)

 I – Deus e Pai das Misericórdias
a)    Sentido de terno (meigo) – Daniel. 2.18, 2 Samuel. 24:12-14
b)    Sentido de gentileza – 1 Reis 20.31, Salmo 117.2
c)    Sentido de piedade – Gen. 19.16
d)    Sentido de compaixão – Êxodo 34.6, Deuteronomio . 4.31
e)    Sentido de graciosidade – Romanos.l2.l-2, 2 Coríntios l:3.

 

II – Misericórdia de Deus no trato com os homens do passado
1.    Temos em 2 Samuel. 24 um capítulo triste na vida de Davi (leitura). Mas no auge da dor, o rei apela para as misericórdias de Deus e é poupado.
2.    Em Neemias 9, o autor conta a história das desobediências do povo, que recusava ouvir o Senhor, mas no verso 17, a maravilha de expressão: “Todavia tu, pela multidão das tuas misericórdias não os deixaste no deserto”.

3.    No Salmo 103.11, lemos: “Pois quanto o céu está elevado acima da terra assim é a sua misericórdia para com os que o temem”. 

 

III - As misericórdia de Deus nas contradições da vida: 2 Coríntios 1
1.    Ele conforta para criar outros que possam consolar. (v.4)
2.    Ele permitiu os sofrimentos de Cristo, como ponto de partida para nossas vitórias sobre os sofrimentos – (v.5)

3.    Ele permite o sofrimento para operar a salvação – (v.6)

•    Notar o amor eterno de Deus –  Jeremias 31.3
•    Notar as circunstâncias em que este amor opera: mesmo no castigo ainda é amor. 

 

Compartilhar
Twitar
Google+
Please reload

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão