O DEUS DA ESPERANÇA - Romanos 15.13

A esperança é companheira da fé e do amor. Está entre as chamadas virtudes teológicas. A vida humana é marcada pela esperança. A criança anela pelos dias de escola, o junior pelos dias do ensino fundamental, os adolescentes pela alegria da vida, no ensino médio, os jovens pelos vestibulares e pelas universidades.


Os pagãos tinham como símbolo da morte uma coluna partida ou a tocha da vida de cabeça para baixo. Para o cristão isto não acontece: Seu Deus é o Deus da esperança.


I – Esperança Como Dádiva de Deus
A Bíblia associa o caráter de Deus a seus nomes:
1.    O Deus da Paciência e da Consolação.
2.    O Deus da Paz.
3.    O Deus da Esperança – Durante todos os tempos, o caráter de Deus vai exibindo os sentimentos mais nobres e mais belos.
4.    Na plenitude dos tempos, enviou seu Filho, Jesus Cristo, a nossa verdadeira esperança...Deus conosco para sempre.


II – A Esperança no conceito humano
1.    Os homens do mundo lutam por prêmios diversos: O prêmio da popularidade, da aceitação pessoal, o prêmio dos estádios, o prêmio de uma vida para hoje somente. Paulo classifica os desejos daqueles dias como o de pessoas “cujo Deus é o ventre” – A felicidade para o homem comum está ligada ao prazer e à riqueza...

2.    Um pregador conhecido entrevistou vários homens da chamada alta sociedade e descobriu, em todos, uma queixa: faltava-lhes a plena realização da esperança.


III – A descrição da verdadeira esperança.
1.    Sua origem está em Deus – Deus dá origem à esperança, nos inspira à esperança... ”Toda boa dádiva vem de Deus”.
2.    Seu poder provém de Deus na pessoa do Espírito Santo. É o Espírito Santo que intercede por nós, que se une a nós, que nos revela a bondade e misericórdia de Deus.


IV – A Esperança abundante.
Tudo quanto Deus tem para o homem é abundante. 
Ele nos dá plenitude de luz e de calor...
Imaginemos o verde que Deus espalha sobre a terra... Com que liberdade o faz... Deus quer brilhar em nós: Na igreja, no mundo, para o tempo e para a eternidade. A morte é o fim, disse um grande pregador: Fim da tristeza e tribulação, fim de toda a dor... fim das aflições...
Edward Irving tinha um lindo menino que foi levado para a glória. Ao lado do corpo, pediu a Deus que lhe vingasse aquela morte. Deus lhe revelou a ressurreição e ele se tornou no grande pregador da vitória perfeita sobre a morte.

 

Compartilhar
Twitar
Google+
Please reload

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão