GRAÇA DE DEUS REVELADA NO NATAL (2Co 8.9)

22.12.1974


Três textos bem relacionados no contexto da graça: 2Co 8.9; Jo 3.16 e Ef. 2. Graça, graça, graça é a palavra que caracteriza o Natal de Jesus.


I – CONHECER A GRAÇA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO
1. Graça capaz de fazê-lo abdicar do seu lugar ao lado do Pai.
2. Graça capaz de fazê-lo tomar lugar ao sol, com a carne humana, sofrendo tentações de toda a sorte, desprezo.
3. Graça capaz de dar-se aos homens. Temos aqui Deus que vem ao encontro dos faltos, que se abre para receber o que andava distante.
4. Graça capaz de perdoar, de esquecer. Esta graça ensina , perdoa, cria novas oportunidades, lava a vida do homem, dá-lhe novo começo.
5. Temos aqui uma graça persistente. Deus anunciou o Natal em Gênesis e desceu pela História reafirmando o seu propósito, sem mudar um til que fosse no seu plano de salvar.
6. Graça tão abundante que pode ser haurida por todos, sem que jamais se esgote.


II – A DÁDIVA DO MAIOR AMOR JÁ VISTO OU IMAGINADO
1. A natureza prega que Deus dá, gosta de dar, sempre dá.
2. Deus preparou no Natal suprimento para todos os homens. É a dádiva no grau superlativo, o amigo que morre pelo inimigo, o santo que toma o lugar do pecador, o justo que aceita o impropério da injustiça.
3. Temos na dádiva do Calvário o Senhor que se torna escravo, o bom que se torna mau, o poderoso que é dominado e morto sem abrir a sua boca.
4. Dádiva que nos dá a oportunidade de nos tornarmos filhos de Deus e irmãos de Jesus Cristo (Gl 4.4; Rm 5.1-20)
5. Graça que modela e forma novo caracteres (2Tm 2.1-3).


III – A VERDADEIRA VALIDADE DO NATAL
1. Para os que provaram o perdão de sua riqueza (Ef 1.7).
2. Os que foram unidos com Cristo (Gl 3.13-14; Rm6).
3. Os que estão caminhando para a sua herança da glória (Ap 7.14b-17)

Compartilhar
Twitar
Google+
Please reload

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão