PASTOR DAVID GOMES, UMA VIDA DE FÉ A SERVIÇO DO SENHOR

Nascido em Itaúna, interior de Minas Gerais em dezembro de 1919, de família crente. Foi para o Colégio Batista Mineiro, jovem ainda, cursar o antigo Ginásio. Trabalhava no Colégio para custear seus estudos. Pastor Arnaldo Harrington, diretor do Colégio por longos anos, e sua esposa Dona Edna, acompanharam toda a vitoriosa trajetória de vida de David Gomes desde o início. Mantiveram uma grande amizade que durou a vida toda. Admiravam a dedicação do Pr. David com o trabalho de Deus desde a mais tenra mocidade. Pr. Harrington dizia que Pr. David era único e não podia ser imitado.

Naquela época, Pr. David estava cercado de uma sólida liderança de pastores batistas formada por grandes homens de Deus. Jovem ainda, com sabedoria, soube escutá-los, aprendeu com eles, e passou a ser respeitado e admirado por todos. Depois do Batista Mineiro foi para o Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, na época dirigido pelo Dr. Shepard. Ali também Pr. David, mais diretamente, teve grandes mestres que foram verdadeiras colunas do trabalho batista em nossa terra, homens como Pr. Djalma Cunha, Pr. Crabtree, Pr. Manoel Avelino de Souza, Pr. W. E. Allen, etc., que foram de grande inspiração e formaram tantos valorosos obreiros que foram da geração do Pr. David. Este também inspirou a muitos pastores, obreiros, e crentes pela sua fé e alegria em servir a Deus.

Antes de ir para Forth Worth, Texas, para fazer o curso de mestrado em Educação Religiosa, casou com a irmã Haydee Summan, que foi sua grande ajudadora e companheira de ministério. Ela é um exemplo de esposa de pastor, mãe e crente no Senhor Jesus. Como era bom vê-los juntos em casa, na igreja, no escritório da EBAR, onde se percebia claramente entre os dois o amor, o respeito, o bem querer e o carinho que os unia. Meus pais, Pr. Arnaldo e Dona Edith Gertner, ainda solteiros, estudavam no mesmo seminário do Texas naquela época, e formaram uma sólida amizade com o casal Gomes. Desde nascido eu convivi com esta família. Percebia uma grande e sincera amizade entre o papai e o Pr. David. Era uma amizade diferente, pois embora não estivessem sempre juntos, nem se falassem, sempre havia um grande interesse e preocupação mútuos, pois eles sabiam que um poderia contar com o outro em qualquer necessidade.

A Primeira Igreja Batista da Tijuca, hoje Andaraí, convidou o Pr. David para ser seu pastor, quando ele ainda estava no Texas, e aguardou por um bom tempo a sua chegada. Eles sabiam que valeria a pena esperar por um pastor tão valoroso. Segundo o irmão Rubens dos Santos, a Igreja da Tijuca experimentou um crescimento enorme na época do Pr. David. Foi um verdadeiro avivamento. Dezenas de Congregações foram formadas e o templo se tornou pequeno. Pr. David acompanhava de perto todos os trabalhos com muita dedicação e entusiasmo com a evangelização. Preparou-se para a Obra e agora a estava colocando em prática através da Igreja do Senhor.

Em 1949, ainda pastoreando a Igreja da Tijuca, fundou a Escola Bíblica do Ar – EBAR. Pr. David era mesmo incansável. Ele tinha uma constante busca de servir a Deus, que ia abrindo as portas para a expansão do trabalho. Pr. Enéas Soares Menezes e irmão Rubens dos Santos acompanharam o Pr. David neste abençoado ministério da EBAR por muitos anos. Eles tinham tanta afinidade que até suas vozes se tornaram parecidas. Quando se ouvia um programa da EBAR no rádio demorava-se um pouco para reconhecer quem estava falando. Pr. David era um líder que cativava as pessoas para ajudá-lo. O exemplo sempre falou mais alto, e isto inclusive dentro da própria família. Marcos David, desde a adolescência, já trabalhava na EBAR com grande dedicação. Como filho único cercado de cinco irmãs assumiu desde cedo a grande responsabilidade de ser o braço direito do pai, e sempre demonstrou alegria, privilégio, admiração e respeito pelo honrado pai que teve. As filhas Ana Maria, Priscila, Sophia, Ester Rute e Elizabeth também o acompanharam. Toda a família abraçou o trabalho da EBAR e se dedica até hoje. Os frutos e mais frutos comprovam que a mão de Deus continua sobre este trabalho.

Deus continuava a trazer novos desafios para a vida do Pr. David Gomes. Em 1954 veio o convite para o Pr. David assumir a Secretaria Executiva da Junta de Missões Nacionais em substituição ao Pr. L. M. Bratcher. Não sei se foi exatamente assim, mas deve ter sido muito gratificante para o Pr. David que já evangelizava o Brasil pelo rádio desde 1949 nas ondas da EBAR, ser agora o responsável dos batistas pela evangelização do nosso país, e encontrar irmãos convertidos pelo rádio em locais muito longínquos, solidificar e ampliar o trabalho com a implantação de tantas igrejas e colégios que se perpetuam até hoje, em lugares tão carentes. Ele também despertou muitos vocacionados para Missões através do seu testemunho e da sua pregação. Pr. David verdadeiramente desbravou o Brasil naquela época. Foi um grande impulso que os batistas tiveram em Missões sob o seu comando. Graças a Deus que o trabalho continua crescendo. Pr. David não foi o primeiro, mas em 14 anos na Junta deixou sua marca como outros também têm deixado. Pr. Geremias Bento da Silva, seu genro, Coordenador da Junta, até hoje testifica do trabalho do Pr. David em suas viagens. Netas do Pr. David também têm ido aos campos falar do amor de Jesus. É um passado que nos inspira muito e Deus espera que nós todos continuemos a Obra.

Lembro-me da deliciosa macarronada com almôndegas que Dona Haydee fazia na casa-sede da JMM na Rua Barão do Bom Retiro quando íamos para lá soltar pipas. Que lar gostoso, acolhedor e alegre! Como o trabalho cresceu. Como era bom ouvir notícias de novos campos. Nas igrejas e no meio batista, as campanhas, orações, acompanhamento dos trabalhos, assembleias e convenções, era tudo muito harmonioso e contagiante. Se pararmos para refletir como crentes batistas, de forma geral, precisamos nos voltar para Deus com toda a humildade e retomarmos ao caminho que Ele tem para nós.

Em 1966, mais uma grande vitória após grande desafio. A organização da Igreja Batista da Esperança, em pleno coração do Rio de Janeiro, uma igreja dentro de um arranha-céu, construída em terreno próprio, funcionando todos os dias, o dia todo, com milhares de pessoas à sua volta, dos mais diferentes bairros e regiões da cidade. Que benção! Que visão fantástica! Como pastor de ovelhas, com tantas e tantas responsabilidades, não descuidava do cuidado do rebanho. Ovelhas de Campo Grande, Nova Iguaçu, etc..., estavam sempre sendo visitadas pelo pastor, que gostava de andar de ônibus e de trem, aproveitando a oportunidade para a evangelização pessoal no contato direto com as pessoas. Por que o pastor David era tão admirado e querido? O que ele realmente fez e o que ele deixou conscientemente de fazer? Sigamos seu exemplo.

Diante de tantos desafios e trabalhos, o Pr. David ainda encontrava tempo para escrever livros. A EBAR se tornou também uma editora de livros evangélicos e passou a publicar os livros inspirativos e doutrinários escritos pelo Pr. David. Ele também organizou caravanas de viagens à Terra Santa, sem obter nenhum lucro com isso. Os que viajavam com ele, crentes ou não, retornavam inspirados com os ensinamentos bíblicos proferidos naqueles lugares históricos citados na Bíblia. Recebeu o título de Doutor em Divindade do Seminário da Carolina do Norte. Foi professor de Seminários no Rio de Janeiro e ocupou diversos cargos em nossa denominação. Também foi Diretor da Academia Evangélica de Letras. Escreveu por muitos anos na coluna do Jornal Batista “Perguntas que a bíblia responde”. Por vezes se ouvia de pessoas desinformadas que o pastor David possuía muitos bens materiais, mas ele sempre foi um homem humilde, acessível, simples, um servo do Senhor. Em sua enfermidade foi sustentado com toda dedicação e carinho pelos familiares e amigos dedicados. Antes do atropelamento sofrido em 1996, se dedicou a diversas Campanhas de Evangelização, séries de conferências, congressos, etc..., e intensificou sua pregação em igrejas no Brasil e no mundo. Como era gostoso ouvir que o Pr. David viria pregar em nossa igreja. Como ele tinha discernimento espiritual, pois pregava aquilo que a igreja precisava ouvir com autoridade e clareza, que Deus colocava em seu coração, tendo sempre a bíblia como inspiração maior.

Mesmo enfermo, no seu leito, uma visita ao Pr. David era de grande inspiração. Ele sempre nos confortava e animava. Orava segurando com força e tremulamente as nossas mãos, demonstrando sempre a grande comunhão com Deus. Que benção era estar com o Pr. David que mesmo preso à cama, com dificuldades de memória, era uma testemunha viva do amor e do poder de Deus, a quem ele serviu até ser chamado à Sua presença. A passagem do Pr. David foi uma grande perda, mas seu exemplo e sua obra, no Senhor, continuam em nosso meio.

Achamos por bem escrever estas linhas, esperando não ter sido cansativo, pois muitos irmãos que o amavam não puderam comparecer ao culto de despedida realizado na PIB-RJ em 7 de agosto deste ano, quando diversos pastores homenagearam ao Pr. David com muito mais propriedade e inspiração.

A Deus toda honra e toda glória.

“Disse-lhe o Senhor: muito bem, servo bom e fiel, foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei; entra no gozo do teu Senhor”, Mateus 25:23

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão