MENSAGENS QUE A RESSURREIÇÃO NOS TRAZ

A ressurreição de Jesus é a pedra de toque da doutrina cristã. “A ressurreição e a ascensão foram os complementos necessários à encarnação, o passo final no objetivo divino de trazer a raça humana a Deus” – Ilingworth, the Gospel Miracles, pgs. 38-39.

“Crer na ressurreição é crer na imortalidade; é crer em Deus. Se existe um Deus pessoal e bom, que se interessa pela raça humana, então deve haver vida além da morte. Mas só a ressurreição efetiva esta crença” – Conner – Faith of the N.T. pg. 115.

I – A ressurreição nos lembra que Jesus sofreu (Lucas 24.26)

1. Sofreu uma morte necessária. Era necessário que o Senhor sofresse para que Deus cumprisse os seus propósitos para com este mundo. Jesus sabia dessa necessidade. Jesus falou dessa necessidade e passou a vida a pregá-la. 2. A morte de Jesus era o cumprimento das profecias do V.T. as quais Jesus passou a vida tentando interpretar aos seus discípulos (Luc. 24.44). 3. Desses fatos tiramos uma lição: A do amor de Deus. Amor eterno, amor crescente, amor sem igual. Jesus se nos apresenta diante da necessidade da morte de Jesus como o Pai que planeja executar seu próprio e único filho por amor a pessoas destituídas de valor perante a sua face. Ao comemorarmos este grande evento do túmulo vazio pensemos neste amor. Outra lição temos em decorrência deste evento e é esta: A ressurreição nos diz que o pior aguilhão foi enfrentado e vencido. Pela ressurreição Jesus trouxe nova esperança a todos os sofredores. A esperança de que o pior tem o seu fim e melhor aurora vem após a calamidade.

II – A ressurreição traz-nos a mensagem de que Jesus é o todo poderoso

1. O que saiu do túmulo não foi somente o corpo de Jesus como o corpo de Lázaro. Lázaro saiu o mesmo. Mas Jesus saiu no corpo glorificado e resplandecente. A ressurreição trouxe mais que o levantamento do seu corpo: Trouxe o levantamento da sua personalidade. 2. “Todo o poder me foi dado no céu e na terra”. Jesus tinha todo o poder antes, potencialmente, mas foi pela ressurreição que tal poder se tornou efetivo. Por exemplo, nas páginas do V.T. Jesus é desconhecido como tal. Mas pela ressurreição o Senhor, que era limitado pelas contingências do corpo físico, foi elevado à categoria de Senhor Universal – “Estarei convosco”. 3. Os apóstolos basearam sua pregação neste fato. Pedro enfatizou no seu discurso em Pentecoste o fato de que o Cristo morto foi pela ressurreição glorificado (Atos 2.24-32; 3.15; 4.10, 33; 5.30; 10.40-41). Os apóstolos viam assim na morte e ressurreição o centro de convergência entre Jesus e os homens. “O V.T. move na direção da ressurreição; os evangelhos se colocam em torno disto e o resto do N.T. procede disto” – (Denney, The death of Christ, pag. 227ff). 4. Paulo diz em Romanos 1.4 que ficou provado pela ressurreição que Jesus era o Filho de Deus. Na descendência natural ele era filho de Davi; pela ressurreição ele foi glorificado filho de Deus. É por isto que quando um sinal foi pedido a Jesus ele deu o sinal da ressurreição (Mat.12.33). A vida que Jesus vivera entre os discípulos aliada à sua ressurreição era a garantia que ele era realmente o Messias.

III – Perguntas que a ressurreição responde

(Ver Stanley Jones “Is the Kingdom of God Realism” – ( pgs. 44 ff).

1. Por quanto tempo a força prevalecerá no mundo? Será que a força sempre vence? “Todo o que lançar mão da espada à espada morrerá”. Talvez os soldados rissem ao pregá-lo na cruz...Sua pergunta “por que?...” fica sem resposta...Mas a ressurreição a trouxe. A força pode vencer um dia e dois, mas ao terceiro ela cairá... ”Caídos como mortos” (Mt. 28.4). Força pode ir longe, mas não sempre. 2. Por quanto tempo vence a mentira no mundo? Jesus foi condenado por mentiras. Pagaram para provar que seu corpo de Jesus havia sido roubado. Quanto teriam de pagar hoje? Hitler disse: “Pela propaganda podemos fazer com que os homens creiam ser o inferno céu e vice versa”. Mentira pode vencer hoje e amanhã, mas não sempre... 3. Por quanto tempo pode a justiça e bondade de um ser honesto ser negada? Por quanto tempo ficará enterrada uma grande causa? Ele andou fazendo o bem... Parecia tudo perdido... no primeiro dia e no segundo...mas no terceiro a vitória. 4. Que pode o Mestre fazer daqueles que realmente confiam nele? A cruz mostra alguns fraquejando... Negando... Desamparando... Caindo. Mas sua crença sincera é restituída pela ressurreição. E o poder da sua pregação se tornou outro. Por isto Paulo em Filipenses 3.10 fala do seu anseio de conhecer o poder da ressurreição de Jesus.

Irmãos, que o conheçamos hoje ainda mais em sua extensão mais ampla e mais completa...

Se desejar, deixe o seu comentário abaixo:

© 2018 Família David Gomes - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido e customizado por MTV Developer - RJ/Brasil

Créditos e Gratidão